Basquete Clube de Barcelos recebeu e venceu o Vitória SC por 77-72

Depois de ontem ter sido derrotado pelo SL Benfica (72-41), o Basquete Clube de Barcelos recebeu e venceu o Vitória SC por 77-72, mantendo intactas as aspirações de garantir um lugar no grupo dos primeiros (6 equipas) na 2.ª fase do VIII Campeonato da LPB.

Sendo um jogo de grande importância para duas equipas que agora lutam por objetivos idênticos, os barcelenses entraram muito bem na partida e, exceção feita aos 13 minutos iniciais, em que se verificaram alguma alternâncias, cedo assumiram e mantiveram o comando do marcador até final.

Apesar de um duelo equilibrado, a equipa da casa, com uma exibição segura e muito positiva de todos os jogadores, conseguiu manter sempre o controlo das operações e, nos momentos decisivos e de maior reação dos vimaranenses, explorou com constante sucesso todas os seus recursos e decisões.

A um primeiro período em que alcançamos vantagem de 5 pontos (21-16), reponderam forte os de Guimarães no segundo quarto (17-19) encurtando-a para apenas 3 pontos.

No regresso dos balneários a nossa equipa entrou decidida a cavar uma diferença que lhe permitisse gerir em vantagem o encontro até final. Com um desempenho excecional, condimentado por momentos espetaculares, conseguiu um 3.º parcial de 21-12 e uma almofada pontual (12) com o conforto necessário para encarar o último e decisivo período com alguma tranquilidade.

Foi o momento de controlar todas as intenções do adversário em inverter o rumo dos acontecimentos, onde fomos mais uma vez enormes ao não permitir aproximações excessivamente perigosas e entrando no último minuto do jogo com 10 pontos de vantagem, depois de a 3 minutos do fim termos alcançado a maior diferença favorável (70-57), apesar do resultado do parcial (18-25) poder sugerir outras dificuldades.

Como resumo e chaves do sucesso; dobramos a pontuação do adversário no pintado (48 vs 24) e dominamos a luta nas tabelas em que aproveitamos muito bem os 9 ressaltos ofensivos de que resultaram 14 pontos, registando ainda uma boa eficácia (66%) nos lançamentos de 2 pontos, a que acrescentamos 85% de concretização (11/13) nos lançamentos livres.

Mais uma vitória a contribuir para um bom percurso da equipa cujo mérito é repartido por todos os jogadores que semanalmente trabalham arduamente para o conseguir, mas que, como sempre acontece, destacou alguns dos protagonistas.

Embora o MVP da partida tenha sido um jogador visitante, realce para mais uma exibição de alto gabarito de #5 Andrew Ferry (20 pontos, 3 ressaltos, 4 assistências e 2 roubos de bola), muito bem acompanhado pela espetacularidade de #14 João Torrie (12 pontos, 11 ressaltos, 1 assistência, 1 roubo de bola e 1 desarme de lançamento) garantindo um duplo-duplo, e a também habitual eficácia e poderio de #13 Igor Dukovic (20 pontos, 5 ressaltos, 2 assistências e 1 roubo de bola),

Ainda com brilho especial as atuações de #10 João Grosso (8 pontos, 5 ressaltos e 1 assistência), de um renascido #8 Dejan Pejic (11 pontos, 2 ressaltos e 1 assistência) e de #12 João Ribeiro (6 pontos, 3 ressaltos, 1 assistência e 1 desarme de lançamento).

Cumprida uma exigente jornada dupla com nota muito positiva, não podemos deixar de destacar o magnífico trabalho que vem sendo executado pela equipa técnica, realçando a inteligente gestão do plantel face aos diversos condicionalismos impostos.

SOMOS BARCELOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *