O BC Barcelos garantiu a 3.ª presença consecutiva na Final 8 da Taça de Portugal

O Basquete Clube de Barcelos garantiu a 3.ª presença consecutiva na Final 8 da Taça de Portugal ao receber e vencer o CAB Madeira por 77-64.

Jogo de domínio repartido no 1.º tempo em que, se os madeirenses tiraram melhor aproveitamento dos tiros de longa distância (7/11 – 46%), das situações de contra-ataque (11 pontos) e dos lances livres (7/10), os barcelenses foram bem mais fortes na tabela ofensiva com 10 ressaltos de que resultaram 18 pontos em segundos lançamentos e mais eficazes (12/24 – 50%) nos lançamentos de 2 pontos.

A um primeiro parcial de 12-18 favorável aos forasteiros, responderam prontamente os homens da casa com 26-20 no segundo quarto, adiando todas as decisões da eliminatória para uma 2.ª parte que se iniciaria com um igualdade a 38 pontos.

No regresso ao jogo entrou forte o Basquete Clube de Barcelos que, dominando em todos os capítulos e acentuando a superioridade até aos quinze pontos (27-12), com o resultado global de 65-50 no fecho do parcial, conquistou o conforto desejado para encarar o quarto e último período com total controlo da partida.

Não facilitou João Tiago Silva pois os seus comandados voltaram para o terreno decididos a manter a toada do período anterior e, depois de 4 minutos sem permitirem qualquer ponto ao adversário, já a nossa equipa aumentava a diferença no marcador (73-53) para a casa das duas dezenas, a partir da qual se entrou numa fase de gestão que favoreceu ténue e controlada recuperação dos homens da Madeira.

Com o implacável poder de fogo de #5 Andrew Ferry (22 pontos, 1 assistência e 2 roubos de bola), as primorosas assistências de #13 Igor Dukovic (11 pontos, 5 ressaltos e 8 assistências) e a capacidade de conquistar ressaltos de #14 João Torrie (10 pontos, 14 ressaltos, 2 assistências e 2 desarmes de lançamento) que, com exibição portentosa, foi autor de um duplo-duplo e MVP da partida com 25,5 de valorização, só podia dar Barcelos!

Com o contributo direto de todos os jogadores que todas as semanas trabalham e preparam arduamente cada jogo, estiveram ainda em destaque #6 Nuno Pedroso (10 pontos, 3 ressaltos e 2 roubos de bola), #12 João Ribeiro (8 pontos, 5 ressaltos, 3 assistências e 1 roubos de bola) e #8 Dejan Pejic (9 pontos, 6 ressaltos, 2 assistências e 1 roubo de bola).

Globalmente estivemos melhores nos lançamentos de 2 pontos ( 54% vs 32%), da linha de lance livre (75% vs 70%) e nos ressaltos (45 vs 43), cedendo vantagem apenas nos tiros de 3 pontos (29% vs 32%) apesar de termos faturado mais um que o adversário (9 vs 8).

No próximo sábado, 6Fev2016, às 17h00, regressam as emoções do VIII Campeonato da LPB (20.ª jornada) com a difícil deslocação a Oliveira de Azeméis onde defrontamos a UD Oliveirense.

SOMOS BARCELOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *